As melhores receitas culinárias organizadas em categorias e subcategorias. O visitante também pode enviar as suas receitas, comentar e dar notas. Leia também dicas e artigos sobre temas relacionados.

Artigos

Precauções com o peixe cru

11/04/2005, por Andrea Galante (mestre e doutora em Nutrição Humana Aplicada pela Universidade de São Paulo, e presidente da Associação Brasileira de Nutrição).

Realmente foi confirmado pelo Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) do Estado de São Paulo e a Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa) do Município o surto da infecção por tênia do peixe (Diphyllobothrium ssp). Foram confirmados 23 casos, apresentando 11 referentes ao primeiro trimestre, todos os casos são de residentes no Município.

Quem consumiu o alimento contaminado pode demorar muito tempo para começar a apresentar os sintomas e para ser diagnosticada a doença em média leve 6 semanas após a ingestão do alimento, isto porque os ovos da tênia só aprecem nas fezes após esse período.

Os sintomas dessa doença crônica são: desconforto abdominal, quadros de dor, diarréia, vômitos, podendo também ocorrer perda de peso e anemia por deficiência de vitamina B12 Os pratos consumidos por todos que relataram a doença foram os típicos prato japonês sashimi ( finas fatias de peixe cru) ou sushi também prato típico japonês que apresenta em sua composição arroz, peixe cru e muitas vezes é envolvido por algas.

O CVE e a Covisa indicam que provavelmente a principal peixe causador da infecção seja o salmão importado do Chile, e as autoridades do Chile estão foram contatadas para solucionar o problema. Apesar da suspeita ser em relação ao salmão, ainda não esta confirmado que o consumo de peixes provenientes da Costa brasileira sejam isentos de tal problema.

Agora, o importante é você tomar cuidados e seguir as recomendações da CVE e a Covisa: o consumo de carne de peixe crua deve ocorrer apenas quando for possível manter a carne congelada a pelo menos 18 a 20 graus Celsius por pelo menos sete dias ou a 35 graus Celsius por 15 horas. (No entanto a própria vigilância epidemiológica admite que o congelamento por si só pode não conter o surto da doença porque não está comprovado, cientificamente, que a baixa temperatura mate ou tire a ação do parasita).

Todos os casos confirmados ou suspeitos ser obrigatoriamente notificados ao CVE (telefone: 0800 555 466, atendimento 24 horas) ou para o Serviço de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde em Brasília (0XX 61 315-3321/315-3310/315-3295).

Mas fique atento, essa ocorrência é séria, e quem tem o hábito de consumir esse tipo de alimento deve ter muito cuidado ao escolher o restaurante ou o fornecedor de peixe, e mesmo com todos esses cuidados você ainda pode ser pego de surpresa. Talvez nesse momento seja mais seguro deixar de consumir peixe cru. Você não precisa deixar de ir ao restaurante japonês, mas com certeza você pode escolher outro prato que não tenha o peixe cru.

Agora, se você mora em outra cidade, acho que também deve tomar esses cuidados, apesar do surto ser em São Paulo, os peixes são provenientes dos mesmos lugares colocando em risco todos os locais que compram salmão Chileno e talvez peixes das encostas brasileiras.

Fonte: Folha OnLine

voltar

Receitas Culinárias | Dicas Culinárias e de Alimentação | Vídeos de Receitas Culinárias | Artigos | Fale Conosco | Sitemap
Desenvolvido por ProBrasil.net ® 2008 - 2017